domingo, 14 de abril de 2013

Filhos de Deus - Prólogo

Há alguns dias escrevi sobre sermos conhecidos como filhos de Deus, ser a manifestação de Deus, como seus filhos, pois a criação aguarda ansiosa por isso.

Mas creio que ainda não falei sobre tudo o que gostaria. (Desculpe pessoal, eu sou assim. Nunca consigo completar um pensamento...), enfim, hoje somos chamados filhos de Deus por causa de Jesus.

No antigo testamento, Deus não era visto como um pai, mas sim como um Deus, um Senhor que para perdão de pecados, sacrifícios eram necessários, era preciso ser derramado o sangue de algum animal para que o pecado fosse apagado, perdoado.

Hoje nós nos achegamos a Deus e utilizamos a expressão "Pai", pois Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer, não pereça, mas tenha a vida eterna. Jesus foi o elo, a nossa ligação para com Deus, onde nos tornamos seus irmãos e como consequência, filhos adotivos de Deus.


Hoje temos livre acesso ao 'Pai', por causa do sacrifício de Jesus na cruz. Jesus foi O sacrifício. Não precisamos mais derramar sangue para remissão de nossos pecados. Não precisamos mais que o sacerdote se achegue a Deus por nós, podemos falar com o Pai a todo o momento. Conversar com ele, nos relacionarmos com Ele. Recebermos sua correção. Não precisamos mais de intermediários. Mas é preciso que haja verdadeiro arrependimento e abandono do pecado, pois Deus conhece os nossos corações e vê além do que os homens podem ver!

Quando Deus olha para nós, Ele não vê a nossa carcaça, não vê o nosso exterior, talvez bonito para agradar as pessoas, mas Ele vê o sangue de Jesus derramado sobre nós, nos purificando de todo o pecado. Deus ama o pecador, mas não aceita o pecado. Por isso, aquele que está em Cristo, nova criatura é!

"Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados." Romanos 8:14-17

Um abraço,

Zhé Lopes

Um comentário:

  1. se mais pessoas entendessem que o que há de melhor em nós é a graça (favor imerecido), com certeza haveria menos soberbos na igreja. Quando Deus olha pra nós ele se lembra do sacrificio de seu filho, logo, só merecemos viver porque Jesus fez tudo por nós !

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 <>< S E R E S P A P E F I C O ><> | Designed With By Blogger Templates | Distributed By Gooyaabi Templates
Scroll To Top