sexta-feira, 29 de março de 2013

Escrevi este texto a pedido de um amigo e foi de extrema valia, pois me trouxe a mente novamente o verdadeiro sentido da Páscoa. Esteja com seu coração aberto!

Super obrigado Rafael Bueno.


O VERDADEIRO E REAL SENTIDO DA PÁSCOA

A festa da Páscoa existe a muitos anos, antes mesmo de Cristo,
que é a nossa Páscoa e que deveria ser o real motivo dela.
A páscoa foi instituída por Deus,
como uma festa para celebrar a libertação do povo de Deus do Egito.

O povo de Deus (Israel) estava sendo escravizado por faraó, e depois de diversas tentativas de libertar o povo, Deus dá uma ordem a Moisés para o povo, de que um cordeiro deveria ser separado para cada família. E esse cordeiro deveria ser sacrificado, e parte de seu sangue recolhido. O cordeiro seria assado para alimentar toda a família e o sangue seria passado nos batentes das portas, pois naquela noite o Espirito de Deus (o Anjo do Senhor) passaria pelas portas de todas as casas, e as portas que não tivessem a marca do sangue, o primogênito daquela casa (família) seria morto.

E aconteceu que o primogênito de faraó foi morto. E houve gritos e lamentos em todo o Egito. Então faraó mandou chamar Moisés e disse que eles fossem embora, mas que o abençoasse, pois antes da morte de seu filho, muitas outras pragas ocorreram como sinal de que Deus estava com aquele povo.

Então Deus estabeleceu ao povo que comesse por sete dias pães sem fermento, e que no sétimo dia efetuassem uma festa de celebração ao Eterno; nesse dia os pais deveriam dizer aos seus filhos que a celebração é por causa do que o Eterno efetuou, livrando o povo do poder do Egito (foi com o poder da mão do Eterno); isso deve ser guardado como um memorial do que o Senhor fez e ano após ano celebrem esse ritual nos dias indicados.

Essa instrução da parte de Deus está descrita em Êxodo 11, 12 e 13.1-16. Em Deuteronômio 16.1-17, há a realização da festa da Páscoa, anos depois, ainda em lembrança a libertação que Deus deu ao seu povo. Anteriormente era a celebração do início da primavera, uma festa anual, no primeiro mês da colheita da cevada, que Israel adaptou para a celebração da Páscoa, onde faziam os pães sem fermento.

Já no novo testamento, a última ceia que Jesus comeu (partilhou) com seus discípulos foi uma refeição de Páscoa (Marcos 14.1-31). O apóstolo Paulo descreve em 1 Coríntios 5.7-8, Jesus como a “nossa Páscoa”, pois Ele foi o cordeiro que foi morto, que por Seu sangue somos livres de todo o mal. E Paulo diz mais, que somos o “pão sem fermento” – sincero e cheio da verdade, pois o fermento incha a massa, e neste caso significa a maldade e a perversidade.

Hoje a Páscoa que é celebrada e comemorada não passa de mais uma data do calendário, deturpada de seu real sentido para se transformar em uma data comemorativa para os negócios (vendas, compras, consumismos...) apenas.

Junto da Páscoa que hoje “celebramos” num domingo, antecedem-se alguns fatos interessantes:

- Inicia-se 40 dias antes da Páscoa, os dias intitulados como dias da ‘quaresma’, esses dias são iniciados após o ‘carnaval’ e tidos como dias de preparação para a semana santa. A ordem para esses dias é de não praticar atos mundanos, orar, jejuar e fazer o bem. Antes do primeiro dia da quaresma, denominado ‘quarta-feira de cinzas’, festeja-se bastante, come-se em demasia, aproveita-se bem para aguentar o período de restrições.

- E antes do domingo de Páscoa, existe a ‘sexta-feira santa’ ou ‘sexta-feira da paixão’, onde se é lembrado da crucificação de Jesus.

Uma grande hipocrisia permeia esses acontecimentos, pois após o carnaval uma festa de devassidão total, começasse um período de abstenção ou não... Antes da Páscoa ao invés de se lembrarem de que na sexta-feira Jesus foi crucificado, as pessoas se lembram de que não podem comer carne... E ao invés de se lembrarem de que no domingo Ele ressuscitou, se lembram de entregar chocolates, ovos de páscoa, coelhinho...

Para aqueles que acreditam no real e único significado (sentido) da Páscoa, ela é a ressureição de Jesus, a nossa ressureição para uma nova vida plena e eterna com Deus. E como os antigos se lembravam do que Deus fez ao povo de Israel no Egito, com alegria e gratidão, hoje não deve ser diferente, devemos trazer a memória o que está escrito em João 3.16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.”.


Vejo o vídeo abaixo:


Que possamos trazer a nossa memória tudo aquilo que nos dá esperança!

Em Cristo,

Por José Lopes (Zhé Lopes) – 25/03/2013

Feliz Páscoa!

Read More

segunda-feira, 25 de março de 2013

Olá!

Mais uma lição aprendida com os filmes! Esse foi uma grande surpresa que me 'surpreendeu' pela sua história. E essa está fresquinha, assisti a pouco!

Sinopse:

Depois que a caverna da família Crood é destruída, o clã se vê obrigado a partir em busca de uma nova casa. Liderados por Grug, só não imaginavam que sair das cavernas ia render a maior aventura de suas vidas.



Anotei algumas palavras 'chave', que expressam bem o que Deus ministrou comigo:

- Curiosidade: Quem não é curioso? É interessante que Deus faz ligação entre todas as coisas que lemos, ouvimos e vemos. A curiosidade no filme é com relação ao desconhecido, que o pai da família dizia que tudo o que era 'novo' era ruim. Li estes dias e veio um entendimento a minha mente e coração. A palavra diz que todas as coisas nos são licitas, mas que nem todas nos convém, então Deus criou as Leis, os mandamentos para que soubéssemos o que não agrada a Ele, pois se não soubéssemos separar o bem do mal, não teríamos parâmetros, mas com as Leis também vieram a tentação que o mal gerou. E a tentação sempre vem para aquilo que é proibido, que é desconhecido!

- Esperança no amanhã: Eles encontram um rapaz que perdeu toda a sua família, mas que guarda uma palavra de sua família, de "Siga o sol, vai chegar o amanhã!". E para nós essa também deve ser a nossa esperança. 'O choro dura uma noite, mas a alegria vem pela manhã!', 'Elevo os meus olhos para os montes, de onde virá o meu socorro? O meu socorro vem do Senhor que criou o todas as coisas.'. Então, não devemos temer, 'se Deus é por nós, quem será contra nós?'.

- Chega de cavernas: O esconderijo seguro da família Crood, eram as cavernas. Mas depois que perderam sua caverna, e viram um mundo novo e desconhecido, decidiram não mais viver em cavernas escuras. Isso serve para todos nós, a palavra diz que 'aquele que se isola, busca seus próprios interesses'. Que possamos sair hoje de nossas cavernas, nossos lugares seguros e descansar no esconderijo do Altíssimo!

A razão da nossa vida se encontra quando seguimos a LUZ. O sol está atrás dos montes. Há luz e esperança depois da tempestade. O mundo não se acaba, se transforma!

Espero não ter estragado a sua surpresa ao ver este filme, mas apenas estou compartilhando a visão que Deus tem me dado das coisas!

Em Cristo,

Zhé Lopes

Aprendendo com os filmes III: "The Croods"

Read More

Olá!

Segue mais uma lição que tive assistindo a um filme no cinema!

Como eu disse no post anterior "Aprendendo com os filmes I: "Dezesseis Luas"", eu gosto muito de filmes, e ultimamente tenho ido muito ao cinema, com uma certa frequência de pelo menos uma vez por semana.

O mais interessante de ser cristão e acreditar que tudo tem um propósito, é prestar atenção aos detalhes, pois Deus fala em todo momento e em qualquer lugar, Ele não é alguém que se pode prever, que vá falar somente em um horário especifico, num dia determinado.

Aprendi uma interessante lição com o filme "OZ - Mágico e poderoso", segue abaixo algumas observações!

Sinopse:

Oscar Diggs, um mágico de circo com uma ética discutível, é carregado do poeirento Kansas para a vibrante Terra de Oz. Ele acha que tirou a sorte grande - fama e fortuna ao seu dispor. Até que encontra três bruxas, Theodora, Evanora e Glinda, que não estão convencidas de que ele é o grande feiticeiro que todos imaginam. Relutantemente tragado pelos épicos problemas em que a Terra de Oz e seus habitantes estão enfrentando, Oscar tem que descobrir quem é bom e quem é mal, antes que seja tarde demais. Colocando em prática suas artes mágicas da esperteza e do ilusionismo - e até um pouco de feitiçaria - Oscar se transforma não apenas no grande e poderoso Mágico de Oz, mas em um homem melhor.


Em Romanos 8.19 diz que "a criação aguarda ansiosa pela manifestação dos filhos de Deus", e nesse filme que para muitos pode não ter nada a ver, acontece essa situação de todo um povo aguardando a vinda de alguém que cuidaria deles.

Jesus já veio a nós e hoje é a nossa vez de ir. Existe um povo, uma nação que espera por mim e por você. E não significa necessariamente que seja um outro país, outro continente; talvez seja a terra que se chama sua casa, sua família, seus parentes, seus amigos, seus vizinhos, seu trabalho, sua escola, sua faculdade...

A palavra ainda diz que muitos falsos surgiriam. Em uma outra versão deste mesmo texto, na bíblia a mensagem, diz que "O mundo criado quase não se contém esperando pelo que vem a seguir. Tudo na criação sofre restrições. Deus a controla até que todas as criaturas estejam prontas e possam ser libertadas para os tempos gloriosos que virão."

Mas se a Terra tem esperado pelos verdadeiros é porque o falso ainda está em evidência!

O que quero me ater a história do filme é nisso. Deus está falando: "Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito diz...". Precisamos responder a Deus: 'Eis me aqui!'

Em Cristo,

Zhé Lopes

Aprendendo com os filmes II: "OZ - Mágico e poderoso"

Read More

sábado, 23 de março de 2013

Olá!

Você já ouviu o termo "cinéfilo"?

Significa "aquele que é um grande apreciador de cinema".

Eu gosto muito de filmes, e ultimamente tenho ido muito ao cinema, com uma certa frequência de pelo menos uma vez por semana.

O mais interessante de ser cristão e acreditar que tudo tem um propósito, é prestar atenção aos detalhes, pois Deus fala em todo momento e em qualquer lugar, Ele não é alguém que se pode prever, que vá falar somente em um horário especifico, num dia determinado.

Há alguns dias, assisti o filme 'Dezesseis Luas', talvez para alguns, não devia ter visto um filme que fala de bruxas, etc... sei que vou ser criticado, enfim, vi nesse filme uma situação que vivemos diariamente!

Sinopse:

Ethan Wate, é um estudante de colegial que fica enfeitiçado por Lena Duchannes, aluna nova, de 15 anos, que acaba de chegar de outro estado - e com quem ele estranhamente tinha pesadelos há meses. Os dois se unem para enfrentar uma maldição sobrenatural que persegue a família dela há gerações: sempre que uma Duchannes completa 16 anos, ela deve escolher se será para a vida toda uma feiticeira do Bem ou do Mal.



A protagonista do filme, tem que lutar contra sua natureza tendenciosa para o mal, e o que acontece com todos os seres humanos? A mesma coisa.

A palavra diz que o mundo jaz no maligno, e que ele está ao nosso derredor, buscando brechas a quem possa tragar.

Somos incitados pelo mal e para o mal. Somos irritadiços, nos estressamos por qualquer coisa, não temos paciência para com aqueles que estão começando e nos esquecemos que não somos perfeitos.

A nossa natureza é má! 

No filme, é possível ver essa batalha, a dificuldade de não brigar, de não se irar. Não estou fazendo apologias ao filme ou as bruxas, entenda isso.

Mas creio que em todas as situações podemos ver/ouvir Deus falar, é só estar atento.

Para alguns ir ao cinema pode ser apenas um momento de entretenimento, mas para mim se tornou mais que isso!

Espero que tenha entendido o que eu quis dizer...

Preste atenção as coisas que acontecem ao seu redor, Deus está aí!

Jesus é o Senhor!

Um abraço,

Zhé Lopes

Aprendendo com os filmes I: "Dezesseis luas"

Read More

domingo, 17 de março de 2013

Após viver dias intensos na presença de Deus, retirado de nosso ambiente 'comum', voltar a nossa 'realidade', é complicado, pois quando estamos em um ambiente 'espiritual', tudo parece mais fácil, mais simples... desligados de todo tipo de distrações (celulares, internet, televisão e outras...) conseguimos manter e gerir uma nova 'rotina', moldada em novos padrões, que podemos classificar como padrões do céu [Venha a nós o Teu Reino... (E eu creio que Ele veio sobre nós. Em nome de Jesus!)], mas é preciso voltar e encarar a realidade!

Eu gosto muito de séries e filmes, e isso me toma muito tempo, mas para mim é um tempo bem gasto; e muitas vezes meus amigos me dizem que eu devo sair desse mundo de séries, de 'fantasia', para o mundo real... e a situação é a mesma.

A Palavra do Senhor diz que o mundo jaz no maligno, mas que em Cristo somos novas criaturas e mais que vencedores sobre todas as coisas! Eu creio que recebemos muito de Deus, acredito que Ele gera uma mudança instantânea de caráter, se Ele quiser, mas creio que é o nosso interior que é primeiramente transformado. Em 2 Corintios 4.16 diz que: "... Mesmo que o homem exterior se corrompa, contudo o homem interior renova-se, dia a dia!", por isso devemos permanecer em Deus. Feliz pelas bençãos, mas atentos aos ataques do mal, as 'raposinhas', pois o inimigo não fica nada feliz com uma vida que se rende a Jesus!

Mas pode ser que você esteja na mesma situação que Noé... de ser o único, o diferente... no lugar em que o Senhor te plantou. A história diz que Noé era um homem bom e integro em sua cidade, diferente de todos. Ele vivia num ambiente parecido com o nosso, cheio de promiscuidade, onde a maldade estava fora de controle.

E foi por causa de Noé, que Deus conservou a raça humana, por causa de um só homem...

E Deus só precisa de "UM" para começar uma revolução.

Seja este homem!
Seja esta mulher!
Seja este por quem Deus vai fazer e alcançar a muitos!

Leia Gênesis 6.

Eu apenas, precisava compartilhar isso com você!

Espero ter conseguido expressar através dessas palavras como foi o meu "APÓS...".

Que Jesus te abençoe e te guarde. E que você permaneça firme em Deus, pois é por Ele, por meio d'Ele e para Ele que todas as coisas se dão!

Um abraço,

Zhé Lopes

Após...

Read More

terça-feira, 12 de março de 2013

Você já teve o seu encontro com Jesus?

Não falo somente de um retiro, acampamento... mas um encontro real!

É interessante que quando paramos tudo para sermos ministrados, sobre a nossa vida, sobre as coisas que fazemos, fizemos... momentos para refletir são extremamente importantes e preciosos!

E tive o privilégio de ter alguns momentos assim, a sós com Deus!

A palavra diz que devemos buscar ao Senhor e prosseguir em conhecê-lo. E não acaba depois desses dias, mas deve continuar e perdurar por toda a nossa vida!


Deus é bom e um especialista em nos surpreender.

Abrir o quarto escuro e deixar entrar luz lá, não é fácil, mas é preciso, pois se não for assim vamos carregar peso e tralhas desnecessárias, que vão atrapalhar nossa caminhada de subida ao monte santo do Senhor!

Eu louvo a Deus pelos servos e líderes que Ele levantou para fazer este trabalho de ajudar pessoas a caminhar no caminho do Senhor.

Deus não quer 'zumbis', mas sim pessoas vivas que vivam a plenitude do que Ele conquistou na cruz!

Hoje somos livres, mas nunca saberemos o preço que foi pago por nós... por isso que o nosso coração precisa ser cheio de gratidão!



E nesses momentos, o Pai nos surpreende e nos diz quem somos: filhos amados!

Se você ainda não teve seu encontro com o Senhor Jesus, saiba que ele está a porta, esperando ser convidado para entrar e cear com você. Faça isso hoje, agora e em todos os momentos que puder!

Te amo Jesus!

Zhé Lopes

"Coisa linda, Jesus!"

Read More

terça-feira, 5 de março de 2013

Olá, faz um tempo que não passo por aqui...


Nesses dias uma canção, que para mim é mais do que uma música, uma oração tem vindo a minha mente e cada vez que a ouço ela expressa com palavras a oração que desejo e faço ao Senhor...

Ela se encontra no quarto CD do ministério Clamor pelas nações do Ricardo Robortella, que para mim tem sido de grande influência!

"Quero ser verdadeiro, me esvaziar de mim
Quero ser alguém, meu orgulho deixar
Quero ser alguém, um dia
E tudo entregar, meu Rei, meu Rei

Quero ser pleno, ter um propósito em mim
Quero ter virtude, minha mente purificar
Quero ser livre hoje
E tudo entregar ao Meu Rei

Este é o meu desejo
Este é o meu prazer
Este é o meu desejo
Usa-me, Senhor

Quero ser verdadeiro
Me esvaziar de mim
E o meu coração, queima por Ti
Minha vida é só para Ti...
Tua vontade em mim...

Em minha vida posso ver
Toma-me, eis-me aqui
Sei que há muito mais aqui dentro de mim
E não há o que fazer, por Teu grande amor
Então dou minhas mãos
USA-ME!"


Que essa seja a nossa oração...

Sermos verdadeiros no Senhor, nos esvaziarmos de nós mesmos, deixar todo o nosso orgulho de lado, para o nosso Rei reinar!

Que Jesus nos ajude!

Em Cristo,

Zhé Lopes

A minha oração...

Read More

Copyright © 2014 <>< S E R E S P A P E F I C O ><> | Designed With By Blogger Templates | Distributed By Gooyaabi Templates
Scroll To Top