sábado, 19 de outubro de 2013

Bullying


Ontem assisti ao Globo Repórter, algo que confesso não fazia há muitos anos. O tema foi 'Bullying', um tema muito atual, mas que acontece desde os primórdios, desde que o mundo é mundo.

Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (do inglês bully, tiranete ou valentão) ou grupo de indivíduos causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.

Em 20% dos casos as pessoas são simultaneamente vítimas e agressoras de bullying, ou seja, em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de assédio escolar pela turma. Nas escolas, a maioria dos atos de bullying ocorre fora da visão dos adultos e grande parte das vítimas não reage ou fala sobre a agressão sofrida.

Acredito que todas as pessoas já tenham sofrido algum tipo, mas tudo depende da forma com que você recebe o que é feito e também a forma com que você se vê.

Muitas vezes as pessoas lançam palavras sobre você, sem você ter noção do que elas significam. Mas até você descobrir do que elas estavam falando, sua mente fica cheia de questionamentos:

"Será? Será? Por que?"

Mas da mesma forma, assim como sofremos com o bullying, também fazemos o mesmo com as pessoas, mesmo sem perceber. Na realidade, não sabemos lidar com as nossas diferenças e ainda pior com as dos outros. Temos a pachorra de nos acharmos melhores que os outros, essa nossa 'achologia' me irrita, a começar em mim, pois ela existe dentro de mim e muitas vezes se torna extremamente evidente!

"Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Irmão, deixe-me tirar o cisco do seu olho’, se você mesmo não consegue ver a viga que está em seu próprio olho? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão." Lucas 6.41-42

Por que nos preocupamos tanto com a diferença das pessoas? Por que não olhamos para isso e percebemos que são as diferenças que nos fazem andar juntos, pois se todos fossemos iguais não precisaríamos de mais ninguém, pois seriamos autossuficientes.

A Palavra diz que somos um corpo e que ninguém é melhor do que ninguém, mas como somos um povo que despreza o que diz as escrituras, não obedecemos o que ela diz. Cada pessoa tem a sua devida importância, mas sempre somos tendenciosos a nos acharmos melhores que os outros.

Gostaria de destrinchar melhor este tema, mas confesso que me causa náuseas, me sinto extremamente mal e fico de certa forma irado ao me lembrar de várias situações...

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2014 <>< S E R E S P A P E F I C O ><> | Designed With By Blogger Templates | Distributed By Gooyaabi Templates
Scroll To Top