quarta-feira, 15 de maio de 2013

A grama do vizinho é sempre mais verde


Certamente você já deve ter ouvido a expressão acima. É interessante pensar nisso, pois temos a terrível tendência de pensar que o outro é melhor, que ele tem o melhor, que a vida dele é melhor, que nunca vamos conseguir... E acabamos por cobiçar a vida do nosso próximo.

Em Êxodo 20.17, o Senhor nos deixa o seguinte mandamento: "Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.". Na versão A Mensagem, este mesmo versículo é finalizado da seguinte forma: "... Não ponham o coração em nada que pertença ao próximo.".

O Senhor deixa e sempre deixou bem claro as coisas para o homem, mas o mesmo tende a errar, tende a escolher fazer ao contrário do que diz os mandamentos do Senhor.

Se formos analisar a lista completa, veremos o quanto falhamos para com os mandamentos e a Lei do Senhor, e o quanto parecem impossíveis de se cumprir e obedecer [isso se dá pela cultura do pecado incutida em nós desde crianças, pela família, pelas mídias etc...]. Hoje não vivemos mais o tempo da Lei, mas o da graça, e pela graça somos salvos, mediante a fé e isso não vem de nós [para que não nos gloriemos], é dom de Deus (Efésios 2.8). Precisamos parar de abusar dessa graça, que imerecidamente recebemos e da misericórdia que se renova a cada manhã que não permite que sejamos consumidos (Lamentações 3.22).

Então, quanto a nossa vida deveríamos andar por fé, não por aquilo que vemos (2 Coríntios 5.7), pois se andarmos por aquilo que vemos, não vamos andar, vamos nos distrair. Já percebeu que quando estamos em algum momento de oração ou adoração as pessoas nos dizem para fecharmos os olhos? Por algum tempo questionei estas 'ordens', pois via como algo religioso e ritualístico, mas por outro lado é o fato de você tirar seus olhos das distrações e se concentrar em Deus. Não sei vocês, mas eu preciso me concentrar, por exemplo para ler, não consigo me concentrar com barulho. E assim deve ser a nossa vida, a nossa caminhada em Deus, seguindo a carreira que nos é proposta e olhando para o alvo, para o autor e consumador da nossa fé (Hebreus 12.1-2).

A nossa tendência é de ficarmos contemplando as coisas pelo nosso caminho. Certa vez, fiz um passeio por Curitiba, e passamos por uma rua onde havia muitas casas lindas, mas o ônibus passava muito rápido e por vezes voltava os olhos para trás, para ver o que havia perdido, mas em nosso caminhada com o Senhor é diferente, não podemos ficar perdendo tempo com 'certas distrações'. Precisamos entender que somos peregrinos nessa terra e que o nosso tesouro está guardado no céu.

O nosso maior problema é a inversão de valores. Por estarmos no mundo queremos nos comparar com os seus parâmetros, mas estes estão totalmente distorcidos com os padrões de Deus, com os padrões do céu. O perder aqui neste mundo é um ganhar em Deus (Mateus 16.25). Se tivéssemos o seguinte princípio em nossas vidas de: "... buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." que diz em Mateus 6.33, não iriamos andar ansiosos por coisa alguma, não cobiçaríamos nada do nosso próximo, mas descansaríamos em Deus.

Que o Senhor nos cure de todo o complexo de inferioridade e nos livre de todas as mentiras do inimigo. Que venhamos a olhar para o nosso próximo, nosso vizinho, não com olhos de cobiça, invejando aquilo que ele tem, mas que possamos nos alegrar com aqueles que se alegram e chorar com os que choram! (Romanos 12.15)

Que o Senhor nos ajude!

Em Cristo,

Zhé Lopes

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2014 <>< S E R E S P A P E F I C O ><> | Designed With By Blogger Templates | Distributed By Gooyaabi Templates
Scroll To Top